segunda-feira, 18 de março de 2013

Síntese - Tema 2


Tema 2:

Grupo: Júlia Lima, Letícia Braga, João Victor e Igor.

Hidrologia e o Clima (Júlia)
O fator que exerce a mais forte influência na hidrologia local é o clima, que engloba Temperatura e precipitação (chuvas).
Em regiões de clima quente as chuvas são constantes durante todo o ano, já em regiões de clima árido ou semiárido quente raramente chove.
Pessoas que vivem em áreas frias contam com a água de degelos (neve e geleiras). Em algumas regiões do mundo as estações de chuvas intensas são chamadas de monções.
*Se o aquecimento global continuar nas proporções atuais pode ocasionar no aumento do nível do mar resultando na salinização de áreas antigamente de água doce.

Água subterrânea (João Victor)
A água subterrânea forma-se quando as gotas de chuva se infiltram no solo e em outros materiais superficiais não consolidados, penetrando ate em rachaduras e fendas do substrato rochoso; As camadas que armazenam e transmitem água subterrânea em quantidade suficiente para o abastecimento são chamadas de aquíferos.

Água subterrânea (Igor)
Rio efluente: Corrente que recebe água a partir da água subterrânea.
Rio Influente; Um rio ou parte dele que efetua a descarga d’água, por meio do leito.
Aquífero Guarani (Letícia)
É um dos maiores reservatórios de água doce do mundo, é como uma esponja gigante de arenito, uma rocha porosa e absorvente, confinada sob centenas de metros de rochas impermeáveis, o aquífero guarani é recarregado nas áreas em que a rocha porosa chega à superfície e absorve a água.

Sem comentários:

Enviar um comentário